_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

4º Homicídio em Mossoró 2018:Flanelinha é executado com tiros na cabeça no Centro da cidade

A cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou no início da tarde de hoje, quarta feira 10 de janeiro de 2018, mais um homicídio a bala, o quarto do ano. 

O flanelinha Marcos Roberto da Silva, "Marquinhos", 38 anos de idade, que residia na Rua Lira Tavares no Bairro Santo Antônio, foi morto com vários disparos de arma de fogo. A vítima foi alvejada por trás da catedral de Santa Luzia, ao lado do mercado central, no Centro da cidade. 

Informações colhidas pela DHPP no local, dão conta de que a vítima estava em baixo de uma barraca onde ficam os mototaxistas, quando o atirador chegou e efetuou os disparos, a curta distância. Marquinhos como era mais conhecido, foi atingido na cabeça, ombro,torax, abdômem e nádegas, não resistiu e morreu na hora. 

Familiares, que estiveram no local, informaram que Marcos Roberto, era usuário de drogas e que já havaia praticado lesões corporais em algumas pessoas, o que possibilitou o surgimento de inimizades. O pai dele chegou a afirmar que esperava a qualquer momento notícia de morte do seu filho. 

A Polícia Militar, a Guarda Civil e o Exército, auxiliaram à perícia criminal, isolando o local do crime. O corpo do flanelinha, que trabalhava pastorando carros no Centro de Mossoró, foi recolhido pelo rabecão e encaminhado à base do Itep onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. 

Mossoró, chega nesta quarta feira (10), aos quatro homicídios no ano. O caso será investigado pela equipe da Divisão de Homicídios, que vai solicitar junto a justiça a liberação de imagens de câmeras de monitoramento de lojas comerciais, para tentar identificar o assassino.


Fim da linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário