_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

POLÊMICO: Henrique Baltazar: “No Fisco do RN quase 400 servidores ganham igual a ministro do STF”

Magistrado foi às redes sociais para desabafar e defender o Poder Judiciário por entender que críticas injustas vêm sido feitas


O juiz de Execuções Penais de Natal, Henrique Baltazar utilizou seu perfil pessoal no Facebook para comentar sobre a crise da Segurança Pública e das dificuldades que o Estado passa para pagar os salários dos servidores. Em sua publicação, o magistrado defendeu o Judiciário, afirmando que cerca de 400 servidores do Executivo ganham, no Fisco, o equivalente ao que recebem ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), contra apenas 16 delegados da Polícia Civil que faturam o mesmo – os dados, segundo Baltazar, podem ser vistos no Portal da Transparência do Estado.

“No Fisco estadual do RN quase 400 (quatrocentos) servidores ganharam igual a ministro do STF (e como eles ganham mais que isso, é aplicado um redutor, ficando os rendimentos iguais aos dos ministros). Na Polícia Civil do RN 16 delegados ganham igual a ministros do STF (e isso porque é aplicado o redutor, que extirpa a parte do salário que passaria do dos ministros) e outros 14 ganham entre 30 e 33 mil”, escreveu Baltazar. “O fato de sermos solidários aos policiais que não estão recebendo os salários em dia (por incompetência gerencial do Poder Executivo) não significa que devemos aceitar mentiras”.

O magistrado também comparou o Executivo aos servidores do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN). “No TJRN, que tem mais servidores que o Fisco, foram apenas 16 (quase todos desembargadores e não juízes) que ganharam igual a ministro. Gostaria que todos os servidores públicos ganhassem igual aos do Fisco, mas isso é impossível. Porém, sejamos justos nas críticas”, criticou.



Agora RN

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário