_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Segurança Pública de Mossoró avalia como positivo primeiro mês da Operação Ronda Integrada


Há pouco mais de 30 dias a cúpula da Segurança Pública de Mossoró iniciou, com o apoio de 30 homens da Força Nacional, um projeto piloto de combate à criminalidade em todas as regiões do município. A ideia é unir tecnologia com a força policial disponível, resultando na maior eficácia do trabalho. Nesta quinta-feira, 5, os comandantes da PM e delegados avaliaram os resultados da denominada “Ronda Integrada” como satisfatórios.

A Operação consiste na atuação em conjunto das polícias Militar, Civil e de Trânsito em todas as áreas da cidade, com o suporte da tecnologia, no caso do sistema de rádio digital e georeferenciamento das áreas com maior registrado de crime na cidade.

O delegado Cleiton Pinho destaca que a metodologia de trabalho aplicada é bastante eficaz e tem gerado bons resultados. “Sabemos da dificuldade de recursos que os estados têm principalmente para a segurança pública, e essa metodologia de trabalho, embora tenhamos diminuído a quantidade de policiais, nós conseguimos trabalhar com eficácia e eficiência porque nós passamos a trabalhar com georeferenciamento, com manchas de criminalidade, verificando como é que se comportam, trabalhando exclusivamente com a parte ostensiva num primeiro momento e em seguida estaremos com trabalho mais pontuais, como cumprimento de mandados de prisão, é uma operação que está dando certo, teve um fator muito importante de atuação em Natal, aqui em Mossoró está sendo muito bem avaliado”, afirmou Cleiton Pinho.

O delegado informa que este modelo de atuação das polícias está, inclusive, sendo levado pela Força Nacional para Brasília, e será avaliado pelo Ministério da Segurança Pública, para possível aplicação nos demais estados brasileiros.

“Há um tempo a polícia ostensiva deixou de fazer blitz, de fazer barreiras, e esse trabalho foi resgatado da presença do policial junto à comunidade, conversando, interagindo, fazendo seus atos de polícia ostensiva, bem como também utilizando as ferramentas para nós que tenhamos o comando e o controle da forma que está sendo aplicada a nossa escassa força de segurança pública”, afirmou.

O Comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, Major Jailson Andrelino destacou a redução das chamadas manchas criminais – locais onde é registrado o maior número de crimes, durante a implantação do novo método de trabalho. Os locais são divididos por áreas verdes, amarelas e vermelhas. Esta última é o nível mais grave de índice de violência, como assaltos e homicídios. Estas manchas são formadas de acordo com os dados recebidos pelo Centro Integrado de Operações da Polícia (CIOSP).

Participaram da coletiva de imprensa o Comandante do 12º BPM, Major Jailson Andrelino; Comandante do 2º BPM, Major Luiz Maximiliano; delegado Cleiton Pinho, delegado regional Denis Carvalho, Comandante da Polícia Rodoviária Estadual, Major Manoel Lima.

Por Cesar Alves - Mossoró Hoje
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário