_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Alan Capoeira recebe mais uma condenação por homicídio. Desta vez a pena foi de 16 anos


O Tribunal do Júri Popular de (TJP) de Mossoró julgou e condenou nesta quarta-feira, 02 de maio, Alan Carlos Soares Xavier, o "Alan Capoeira" 36 anos de idade, por mais um homicídio praticado por ele em Mossoró.

Alan Capoeira que já tem duas condenações pelo mesmo crime, que somam 49 anos de reclusão foi condenado mais uma vez e desta foi a 16 anos de prisão em regime fechado.

Ele foi julgado pelo assassinato de Alan Robson da Silva, crime ocorrido no dia 22 de fevereiro de 2012, por volta das 16horas no Bar das Primas localizada na Avenida Rio Branco, no Santo Antônio, em Mossoró.

Atualmente, Alan Capoeira, está preso na Penitenciária Estadual do Seridó em Caicó e foi escoltado pelo Grupo de Escola Penal (GEP) para o Forum Municipal Desembargador Silveira Martins em Mossoró, para ser julgado por um crime de homicídiio.

O réu foi ouvido em plenário pelo Juiz presidente do TJP Dr. Vagnos Kelly de Figueiredo e na oportunidade confessou o crime e disse que matou Alan Robson porque este teria matado a tiros o galo de briga de seu irmão e que a partir desse episódio vinha recebendo ameaças.

O Ministério Público foi representado pelo promotor de justiça Ítalo Moreira Martins que pediu a condeção do réu por homicídio duplamente qualificado. Já a defesa de Alan Capoeira, que ficou a cargo do defensor Público Dr. Diego Fonseca, ainda tentou desqualificar o crime para homicídio simples, mas sem êxito.

O Conselho de Sentença, formado por sete pessoas da sociedade mossoroense, acatou a tese levantada pelo Ministério Público e condenou o réu por homicídio qualificado. A sentença com pena de 16 anos de prisão foi anunciada pelo Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo

*Fim da Linha

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário