_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Em protesto contra aumento do diesel, caminhoneiros voltam a interditar BRs no RN

Manifestação começou por volta das 11h30, em frente ao Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. Com apenas uma faixa aberta ao trânsito, PRF registrou engarrafamento na região.


Protesto de caminhoneiros fecha faixas da BR-101 em Parnamirim, no RN (Foto: PRF/Divulgação)

Em nova manifestação contra aumento do preço do óleo diesel, caminhoneiros voltaram a interditar parcialmente o trecho do quilômetro 106 da BR-101 em Parnamirim, região metropolitana de Natal, no final da manhã desta terça-feira (22). O protesto foi confirmado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Há engarrafamento na região.

Também foi registrada interdição na BR-304, na altura de Mossoró, no Oeste potiguar. Os caminhoneiros liberaram a via por volta das 17h40, de acordo com a Políca Rodoviária Federal (PRF).

O trecho interditado próximo à capital do estado fica em frente ao Parque de Exposições Aristófanes Fernandes, onde são realizados eventos agropecuários, no sentido de Natal a Parnamirim. Apenas uma faixa está liberada ao tráfego. A lentidão causou consgestionamento na região.

Os manifestantes fecharam os dois sentidos da via, deixando uma faixa liberada para o tráfego. Caminhoneiros que passam pelo local estão sendo convidados para aderir ao movimento. O protesto reúne motoristas de caminhão de diferentes estados brasileiros.

Um protesto aconteceu no mesmo trecho nesta segunda-feira (21), quando foram realizados atos semelhantes em vários estados do país. Nesta terça, um protesto também acontece na Grande São Paulo, na Rodovia Régis Bittencourt.

Nesta terça-feira (22), a Petrobras anunciou uma redução no preço do díesel e da gasolina, nesta quarta (23).

Por G1 RN

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário