Justiça decreta prisão de empresário acusado de estupro de vulnerável em Mossoró


No ultima final de semana os pais de uma adolescente procuraram a delegacia de plantão em Mossoró para registrar uma ocorrência de violência sexual que teve como vitima uma adolescente de apenas 16 anos de idade.

Segundo informações, a violência teria acontecido dentro do próprio comercio “Fogo e Brasa” de propriedade do empresário Zenilson da Silva Menezes, na madrugada de sábado dia 19 de maio e continuou no apartamento dele no bairro Nova Betânia.

A família desconfiou e a menor foi encaminhada para exames no Instituto de Medicina Legal do Itep e o caso foi encaminhado para a Delegacia da Mulher, que tem como titular a Delegada Cristiane Magalhães, que solicitou a prisão preventiva, por estupro de vulnerável do principal acusado, empresário do ramo de Pizzaria na Praça de convivência no centro de Mossoró.

Segundo a Delegada, a vulnerabilidade se deu em decorrência da violência empregada no caso. A vitima estava sob efeito de álcool, ou coisa parecida e não teve condições de reagir a brutalidade do ato sexual.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juiz Claudio Mendes Junior da 3ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró, mas segundo informações, Zenilson Menezes fugiu. O empresario tambem responde a inquerito na Delegacia de Defraudações de mososró.

Quando resolver se apresentar a Justiça, Zenilson da Silva Menezes deverá ficar preso na Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre de Souza em Mossoró. Como tem curso superior ele terá direito a cela especial.

*O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário