_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Divpoe desmonta laboratório usado para refinar droga e prende os principais acusados.

Um trabalho de investigação da equipe da Divisão de Policia do Oeste, “Divpoe” que já durava 07 meses terminou na manhã de hoje, 01 de agosto, com o estouro de um laboratório para beneficiar drogas e a prisão dos principais responsáveis pelo local.

Numa chácara, localizada no Loteamento Três Vinténs entre o Abolição IV e o Santa Delmira, foram detidos e conduzidos para a delegacia, Francisco Garibaldi de Freitas, de 37 anos de idade, Manoel Pereira Neto de 68 anos e Antônio Jackson de Holandade 29.

A residência que estava sendo vigiada por Garibaldi, mas segundo informações, pertence a Manoel Pereira, os agentes encontraram uma prensa hidráulica, balança de precisão, misturas para refino de cocaína, sacos plásticos, várias ampolas de adrenalina, um carro e uma moto, além de outros apetrechos relacionados ao tráfico de entorpecentes.
Imagem
Manoel Pereira Neto confirmou na delegacia que já havia sido preso acusado por roubo de animais, mas conseguiu provar sua inocência e saiu sem problemas com a Justiça. Ele disse ainda que não tinha nada a ver com aquele material apreendido e que estava de passagem pelo local, mas segundo a policia a casa onde funcionava o laboratório e o carro apreendido, pertencem a ele.

Antônio Jackson disse que trabalha como marceneiro e que teria ido ao local apenas pegar um material de Garibaldi, que também se apresentou como marceneiro.

Os acusados foram conduzidos para a Divpoe e segundo o Delegado Renato Oliveira, todos eles serão flagranteados por trafico de drogas. Depois dos procedimentos os três serão encaminhados para exames no Itep e depois ficaram a disposição da Justiça na Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre de Souza.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário