Polícia Civil de Mossoró prende mais um investigado ter matado duas irmãs e um bebê


Policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção (DEHOM) à Pessoa de Mossoró prenderam Adriano Marcolino Alves, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, na manhã desta sexta-feira (31). Ele é investigado por ser um dos suspeitos de um triplo homicídio que foi efetivado no dia 27 de agosto de 2018, no bairro Alto da Conceição, em Mossoró. Com a prisão de Adriano Marcolino, o crime foi elucidado e todos os suspeitos pelos homicídios foram presos.


O crime - No dia 27 de julho, duas irmãs foram assassinadas a tiros no bairro do Alto da Conceição, em Mossoró. Elas foram identificadas como Samira Mendonça Bezerra, 24 anos e Sheyla Mendonça Bezerra, 19 anos, que estava grávida de oito meses. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda chegou a fazer uma cesárea para retirada do bebê, ele foi levado à maternidade, onde acabou morrendo duas horas depois.

No dia 02 de agosto, policiais civis da Dehom cumpriram um mandado de prisão preventiva em desfavor de Robson Francisco da Silva dos Santos, 26 anos, suspeito de triplo homicídio, preso no bairro de Belo Horizonte, em Mossoró. Robson é ex-companheiro da Sheyla Mendonça, e no dia, ele fugiu de moto com ajuda de outro homem.

O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário