_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

PF PRENDE SUSPEITOS DE INTEGRAR GRUPO CRIMINOSO QUE ASSALTAVA CAMINHÕES DOS CORREIOS NO RN


Foram expedidos 10 mandados de prisão no RN e 1 em Brasília. 

A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão e mandados de prisão na região metropolitana de Natal e em Brasília contra um grupo suspeito de assaltar caminhões dos Correios no Rio Grande do Norte. A ação foi batizada de operação Express.

De acordo com a PF, as investigações tiveram início há cerca de 9 meses e apuraram pelo menos onze investidas criminosas praticadas pelo bando Em todos os casos a quadrilha agia da mesma forma: os caminhões eram interceptados, desviados para estradas de terra, onde os motoristas geralmente eram feitos reféns e toda a carga era saqueada.

Ao todo, foram expedidos 3 mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal do RN e 10 mandados de prisão na região metropolitana de Natal, além de um mandado de prisão na cidade de Brasília.

Cerca de 40 policiais federais participam da operação. Os presos responderão pelos crimes de roubo qualificado, associação criminosa e receptação majorada.


G1-RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário