_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

ADOLESCENTE MORRE EM HOSPITAL NO RN APÓS DUAS HORAS SEM SOCORRO


David Cassimiro passou mal na noite de segunda-feira (10), foi levado ao hospital de São Paulo do Potengi, e faleceu após esperar mais de duas horas por atendimento médico.

Um adolescente de 17 anos morreu após passar mal e não conseguir atendimento médico na cidade de São Paulo do Potengi, a 73 quilômetros de Natal. David Cassimiro, 17, começou a passar mal por volta das 21h quando estava jogando futebol com amigos. Ele foi socorrido para o hospital da cidade, mas lá não conseguiu ser atendido.

De acordo com a família, a unidade de saúde não tinha médico para atendê-lo. Diante da situação, uma ambulância desse hospital teria ido até a cidade de Elói de Souza, que fica a 20 quilômetros de São Paulo do Potengi, com o objetivo de buscar um médico para atender David Cassimiro.

Mas foi em vão: a ambulância não conseguiu retornar com um médico para prestar socorro ao adolescente e ele acabou morrendo. De acordo com uma tia dele, Valdeci Ferreira, antes de morrer, o sobrinho esperou por mais de duas horas por algum atendimento. Ela responsabiliza a unidade de saúde pela fatalidade.

“Foram mais de duas horas e não tinha médico lá para atender ele. Ele morreu sem socorro. Falta de médico ali dentro de São Paulo do Potengi. Por isso que meu sobrinho chegou a falecer. Isso pode ser mais um. E não pode ficar desse jeito”, afirmou.

Segundo ela, a população está toda revoltada com o caso. “Mesmo que não traga ele de volta, eu quero justiça para o meu sobrinho. Ele não merecia morrer desse jeito, não. Ele morreu como um indigente”, desabafou, em prantos.

O corpo de David Cassimiro foi trazido a Natal na manhã desta terça-feira (11) para ser examinado no Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), do Hospital Giselda Trigueiro, na Zona Leste de Natal. É lá que será determinada a causa da morte do adolescente. O enterro acontecerá ainda na terça-feira, em São Paulo do Potengi.

Para Sesap, adolescente já chegou morto ao hospital

A Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) emitiu nota na qual reconheceu que não havia médico para atender David Cassimiro, mas que ele já teria chegado morto à unidade de saúde, por volta das 21h40.

“A Secretaria reconhece que existe um déficit na escala de plantão do hospital, mas está trabalhando para reverter o quadro, visando realocar profissionais aprovados no último concurso público para suprir a necessidade.”

De acordo com nota “uma equipe de enfermagem do hospital de São Paulo do Potengi prestou todo o atendimento ao paciente, com auxílio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU)”.

“A Sesap esclarece ainda que, pelos protocolos de atendimento do SAMU, os casos de intercorrências cardíacas devem ser transportados em ambulância com suporte de UTI. O hospital dispõe de ambulância de suporte básico.”

Como a causa da morte ainda não foi identificada, o SVO coletou material que será enviado ao Instituto Evandro Chagas, em Belém do Pará, para chegar a uma conclusão com relação ao caso.

OP9
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário