MPRN E PM FAZEM OPERAÇÃO PARA COMBATER FACÇÕES EM PRESÍDIOS


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta quinta-feira (28) a Operação Cancão com o objetivo de combater uma facção criminosa que age dentro e fora de unidades prisionais potiguares. Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em 15 municípios. Os nomes das cidades investigadas não foram divulgados ainda.

A ação é fruto de uma investigação iniciada em 2017 para apurar a atuação da organização criminosa principalmente em cidades da região Seridó. As investigações apontam que a principal atuação do grupoé a aquisição, transporte, armazenamento e distribuição de drogas na região. Além disso, a facção também é responsável por homicídios, roubos, furtos e lavagem de dinheiro. O nome da operação é referência a uma ave típica do semi-árido nordestino.

No início do mês de fevereiro, o Ministério Público do Rio Grande do Norte instaurou um inquérito civil para apurar o desvio de função de policiais militares que, mesmo após a estruturação da carreira de agente penitenciário do estado, continuam executando atividades de guarda, vigilância e escolta de presos custodiados em unidades do sistema penitenciário do RN.

A portaria de nº 2019/0000038212 foi aberta pelo promotor Wendell Beetoven Ribeiro Agra da, 19º Promotoria de Justiça da comarca de Natal e publicada em Diário Oficial no último dia 31 de janeiro.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário