_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Técnicos da Papiloscopia do Itep identificam uma das mulheres encontradas mortas em Mossoró.



Um dos corpos encontrados na tarde de ontem, 17, dentro de uma galeria de água servida no bairro Paredões em Mossoró, foi identificado na manhã de hoje, por técnicos do setor de papiloscopia do Instituto Técnico-Cientifico de Pericia, Itep, Unidade de Mossoró no Rio Grande do Norte.

Trata-se de Edina Maria Bezerra de 45 anos de idade. A identificação é feita confrontando a digital de algum documento oficial, com as digitais retiradas da vitima. Edina ou Edinha, não portava qualquer tipo de documento identificação e pelo estado do corpo, só pelas digitais seria possível a identificação. Como ela havia feito sua carteira de identidade no Itep em Mossoró, a equipe localizou o registro da época para fazer o confronto, conforme as imagens registradas pelo Câmera, com a autorização da direção do orgão.

A outra mulher ainda não foi identificada oficialmente, mas segundo informações, trata-se de Wladia Rocha de Souza de 38 anos, natural da cidade de Aracati, no Ceará. A equipe do Itep aguarda a presença de familiares com algum documento para os procedimentos. As duas eram moradoras de rua e viviam na região da Rua Anatalia de Melo Alves.

Os dois corpos já foram necropsiados, na Unidade de Medicina Legal do Itep e de acordo com os Peritos Médicos Legistas do órgão, não foi identificado, qualquer tipo de hematomas ou lesões que justifiquem a morte das vitimas.

A equipe solicitou exames complementares e segundo o medico João Pinto, um dos mais experientes legistas do Itep no RN, as mulheres podem ter sido mortas por overdose de drogas, ou algum tipo de sufocamento, mas pelo estado dos corpos, “interno e externamente” não foi possível identificar.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário