_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

137ª: Acusado na morte do pai em 2011 na cidade de João Dias é executado com mais de 20 tiros de pistola em Mossoró


O crime aconteceu por volta das 09h30min de hoje, 09 de setembro, na calçada do Hospital da Solidariedade no bairro Abolição III em Mossoró no Rio Grande do Norte.

Wislan Michel Rodrigues de 29 anos de idade, natural da cidade de Antônio Martins, foi morto com mais de 20 tiros de pistola. Os criminosos usaram pistola calibre 380 e ponto 45. Muitas capsulas dos dois calibres foram recolhidas pela equipe do Itep e no corpo da vitima, cerca de 23 perfurações provocadas pelos tiros.

Segundo informações, Wilsan todos os dias vinha deixar sua mãe no hospital, onde a mesma fazia tratamento de saúde. Na manhã de hoje, enquanto aguardava o atendimento da senhora, ele foi surpreendido por dois criminosos, que segundo a policia, chegaram numa motocicleta Pop.

No sistema online do tribunal de Justiça existe um registro, onde Wislan Michel Rodrigues deveria comparecer ao Fórum de Alexandria para ser julgado por envolvimento na morte de seu próprio pai em 2011 na cidade de João Dias, no Oeste do estado.


*O Câmera
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário