13º Homicídio em Umarizal em 2019: Ex-presidiário integrante de facção criminosa é perseguido e morto em via pública

Na noite desta ultima segunda-feira (23), ocorreu mais um homicídio na cidade de Umarizal, na região do oeste potiguar, somando assim o 13º. O ex-presidiário e integrante de uma facção criminosa foi perseguido e morto quando se encontrava em uma lanchonete na Avenida 27 de novembro, nesta cidade. 


O crime aconteceu as 22:00 horas, quando DJAIR ALVES DA SILVA, 25 anos de idade, se encontrava sentado em uma das mesas de uma lanchonete e segundo informações de populares, dois elementos vestindo roupas pretas e de capacetes, se aproximaram e passaram a efetuar disparos de arma de fogo na direção da vítima, a qual saiu correndo pelas vias públicas da cidade, e os elementos o seguiram atirando e conseguiram alcançá-lo no cruzamento da Avenida Divinópolis com a Avenida Oeste, tendo ele caído no chão e foi executado em seguida com vários disparos de arma de fogo de calibre não identificado. 


Segundo informações preliminares, os elementos estavam em uma motocicleta preta e fugiram logo após praticarem o crime. Os Policiais Militares estavam fazendo a ronda e logo chegaram ao local, mas devido a falta de informações, não conseguiram empreender diligências. 

O Itep e a equipe da Polícia Civil foram acionados e antes da meia noite o corpo foi recolhido para a sede daquele instituto na cidade de Pau dos Ferros-RN. 

"Djair de Vina" como era mais conhecido na cidade, respondia a vários processos na justiça por Roubos e formação de quadrilha e bando, e foi de uma apreensão de um caderno em seu poder com a contabilidade do crime e regras de uma facção criminosa, que gerou a operação Amargedon realizada pela polícia Civil com o apoio da Polícia Militar em Umarizal e várias outras cidades do estado do Rio Grande do Norte, onde vários elementos foram presos. 



  

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário