_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

1° Homicídio em Mossoró 2020: Dono de lava-jato é morto a tiros na Comunidade rural da Maisa


A cidade de Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte registra o primeiro homicídio do ano de 2020. O crime aconteceu por volta das 09h00min desta manhã de sábado 11 de janeiro, na comunidade da Maísa zona rural do município.

A vítima Aldivan Patrício de Oliveira, "Nem do Lava-Jato" 31 anos de idade foi morto com vários tiros no interior de sua casa, onde também funciona um lava-jato de sua propriedade.

Segundo informações da Polícia Militar que foi acionada para isolar o local, dois homens de moto chegaram, entraram no imóvel que estava com o portão aberto atiraram várias vezes contra a vítima.

"Nem do Lava-jato" como era mais conhecido na comunidade, foi atingido com três disparos de pistola 380, todos na cabeça e morreu na hora. Os criminosos fugiram após matarem a vítima em sentido ignorado.

O delegado de plantão Dr. Luiz Fernando esteve no local e disse que a Polícia Civil, descarta qualquer possibilidade de assalto e vai trabalhar na investigação como crime de execução, para tentar chegar a motivação e autoria do assassinato.

Segundo o delegado, a Polícia Civil já tem algumas informações importantes para elucidação do crime, porém preferiu não adiantar nada no momento, para não atrapalhar as investigações.

Após os procedimentos de perícia no local, pela equipe do Itep, o corpo da vítima foi removido para exames de necropsias no IML do Instituto Pericial em Mossoró. Aldivan Patrício de Oliveira, foi a primeira vítima de homicídio no município de Mossoró. Primeiro caso do ano para a Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investigar.

*Fim da Linha


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário