36º Assassinato em Mossoró 2020: Natalense é morto a tiros em casa no Assentamento Oziel Alves, região da Maisa


O crime aconteceu por volta das 18h40min desta terça feira 24 de março de 2020, no Projeto de Assentamento Oziel Alves, região da Maisa na zona rural de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. Aldileno Lopes da Costa, "Galego" 44 anos de idade, natural de Natal foi assassinado com cerca de seis disparos de arma de fogo na entrada de sua casa.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, que atendeu a ocorrência e isolou o local do crime, a vítima conhecida como Galego, estava em casa com a mulher quando dois homens chegaram e chamaram pelo seu nome. Quando ele saiu para atender o chamado foi surpreendido e alvejado com vários tiros, não resistiu e morreu entre o portão de entrada e a área da casa.

Os criminosos fugiram após a execução e não foram identificados.A Polícia Militar informou ainda que antes do crime, por volta das 18h00min o ex-marido da Mulher de Aldileno, chegou na casa, pegou os dois filhos que tem com a ex e os levou afirmando que eles não voltariam para dormir na casa com a mãe. 40 minutos depois os dois criminosos chegaram e executaram Galego.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. De acordo com a PM a vítima morava naquela região a cerca de 9 meses e há pucos dias havia se juntado com uma mulher e passaram a morar na casa onde ocorreu o crime. Após a perícia, o corpo de Aldileno Lopes da Costa, foi recolhido e encaminhado para o Instituto Médico Legal do Itep onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento.

Este é o trigésimo sexto assassinato ocorrido em Mossoró, neste ano de 2020, caso a ser investigado pela Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM) que receberá um relatório do delegado de plantão, Dr. Roberto Moura que esteve no local, dando início as investigações preliminares.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário