Jovem assassinado nas Malvinas em Mossoró respondia vários processos e estava com dois mandos de prisão em abertos na Comarca de Patu


A equipe de plantão da Polícia Civil, sob a coordenação do delegado Roberto Moura, identificou o jovem assassinado, com cerca de 16 tiros de pistolas 9 mm e 380 no final da noite desta terça feira (7) no Inferno Colorido no Conjunto Malvinas em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

Trata-se Frederico de Almeida Martiniano o "Fredim", 20 anos de idade, era natural de Patu e morava na Rua João Tomaz de Almeida em Messias Targino RN. Segundo a autoridade policial, "Fredim" como era mais conhecido, estava com dois mandados de prisão preventivas em abertos expedidos pela Comarca de Patu por crimes de Ameaça ( artigo 147), corrupção de menor (artigo 244-B) e furto (artigo 155).

Ele também era acusado de um crime de homicídio simples, praticado no ano de 2018 na cidade de Patu e estava aguardando julgamento pelo Tribunal do Juri Popular. Frederico de Almeida Martiniano esteve preso na Cadeia Pública de Caraúbas e deixou a prisão em julho de 2018 através de alvará de soltura, expedido pela justiça.

*Fim da Linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário