_________________________________________________________________

_________________________________________________________________

Três mossoroenses morrem em confronto com a PM em Aracati no Ceará. Dois PMs ficam feridos no confronto




Três suspeitos, todos de Mossoró RN, morrerem durante uma troca de tiros, com policiais militares de Aracati no estado do Ceará. A ocorrência foi registrada por volta das 22h00min desta quarta feira 01 de abril de 2020, durante uma tentativa de abordagem.

As informações decorrentes da PM daquela cidade, são de que os suspeitos armados ocupando um veículo tipo Fiat Pálio sem queixa de roubo no sistema, teriam reagido a uma abordagem da Polícia Militar.

Quando os policiais do COTAR se aproximaram do carro para abordá-lo, foram recebidos a bala. Houve revide e intenso tiroteio e no confronto três suspeitos tombaram mortos e dois policiais ficaram feridos sem gravidade.

Um PM foi atingido com um tiro no ombro e o outro na perna. Ambos foram rapidamente socorridos e segundo informações passam bem. Com os suspeitos a polícia apreendeu duas pistolas e um simulacro de fuzil. Um dos mortos no confronto estava vestindo uma espécie de farda camuflada e usava boina vermelha, com um distintivo falso da Força Nacional de Segurança (FNS). O bando de acordo com a polícia cearense, tentava se passar por policiais.

Os três mortos no confronto foram identificados pela Polícia Civil. São eles: Paulo Breno Farias do Nascimento de 26 anos de idade, Luiz Alexandre Neto, 35 anos e Ítalo Paulo Cardoso dos Santos, 27 anos todos residentes em Mossoró no Rio Grande do Norte. Conforme os primeiros levantamentos feitos pela Polícia Militar, os criminosos teriam ido ao Ceará com o objetivo de sequestrar um empresário do ramo de criação e exportação de camarão, residente e estabelecido em Aracati.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal de Russas CE, para exames de necropsias e depois liberados para os familiares. A Polícia Civil suspeita de que os três homens mortos estariam planejando algum ataque criminoso na região. Segundo a Polícia Luiz Alexandre e Paulo Breno, moravam no Bairro Santo Antônio e tinham passagem pelo sistema prisional do Rio Grande do Norte. Já Ítalo Paulo, morava na Antiga Fazenda São João e não não tinha registros no sistema da Justiça.



*Fim da Linha
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

Atenção, antes de postar um comentário leia isto:

1. Todos os comentários postados neste espaço passarão por uma rigorosa análise antes de serem publicados.

2. Comentários que agridem verbalmente pessoas públicas só serão aceitos com identificação por meio de um cadastro válido.

3. Estes comentaristas devem se identificar com uma Conta Google, OpenID, LiveJournal, WordPress, TypePad ou AIM. Para todos os casos basta escolher a opção desejada no campo "Comentar como:" e logar.

4. Para responder um comentário basta clicar em “Reply” no comentário e escrever a resposta na frente do texto na janela que abrir. Exemplo: @<ahref="#c1234567890123456789">Anônimo</a> Olá, ótimo comentário. ConversãoConversão EmoticonEmoticon

Obrigado pelo seu comentário