Comerciante investigado em crime de contrabando de cigarros é preso em operação da Polícia Federal em Mossoró


Mossoró/RN - A Polícia Federal, com apoio da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (SEOPI), prendeu na tarde de segunda-feira 21 de dezembro de 2020, um homem investigado em crime de contrabando de cigarros e que estava foragido desde o mês de novembro passado, quando da deflagração da segunda fase de "Operação Smoke Route", denominada Entreposto.

Cerca de 7 policiais federais participaram das diligências que culminaram na prisão do foragido, ocorrida na zona rural de Mossoró. Em poder dele foram apreendidos cheques no valor de R$ 118 mil reais, dois veículos e documentos que comprovam a manutenção das atividades da organização criminosa voltada à prática de contrabando de cigarros. 

O investigado é um comerciante de 40 anos, que teve a esposa e um irmão presos em novembro com a deflagração da Operação Entreposto, todos envolvidos diretamente com o contrabando de cigarros.

Os crimes imputados são os de contrabando qualificado (art. 334-A, §1º, IV CP) e organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/2013), cujas penas, somadas, podem ultrapassar a 13 (treze) anos de prisão.

Após ser preso o investigado foi conduzido a sede da Polícia Federal no Bairro Nova Betânia e depois dos procedimentos encaminhado ao ITEP onde se submeteu a exame de corpo de delito e depois conduzido ao sistema prisional onde ficará a disposição da justiça.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário