95° Homicídio em Mossoró 2021: Suspeito de assaltos, com moto roubada é morto a tiros no Centro da cidade

 


Um homem até o momento sem identificação, suspeito de praticar vários assaltos na região do Alto São Manoel, foi morto a tiros, na noite desta quarta feira 28 de julho de 2021, na Rua Venceslau Braz, em frente ao Nonato Atacarejo no Centro de Mossoró, na região Oeste Potiguar. A Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência de disparos de arma de fogo, naquela localidade e ao chegar se deparou com a cena de crime.

Ao lado do corpo, havia uma moto roubada e um revolver. De acordo com a PM, o suspeito que não portava documentos de identificação, teria praticado um assalto em uma academia na região do Planalto 13 de Maio, onde roubou vários pertences das vítima e ao sair deixou todos trancados no interior do estabelecimento e levou a chave. O criminoso chegou na academia em uma moto roubada, deixou o veículo no local e tomou uma outra moto de assalto e fugiu no sentido centro.

Ao chegar em frente ao supermercado, foi alvejado com dois tiros na região torácica e morreu. No local ninguém se apresentou para falar sobre o ocorrido. Não há informação se o suspeito teria tentado assaltar algum popular no local, onde foi e alguém reagiu, ou se ele foi seguido após os assaltos praticados no Alto São Manoel.

Durante a perícia pela equipe do ITEP, foram recolhidos com o suspeito morto, três celulares, um relógio, que estavam em sua bermuda, a arma que estava ao lado do corpo e a moto que havia sido roubada. O perito criminal Marcos Daian informou que o suspeito foi alvejado com dois tiros no tórax. Após os procedimentos de perícia no local do crime, o corpo do desconhecido foi recolhido e encaminhado ao IML para ser examinado.

O Itep vai aguardar a presença de familiares com a documentação para reconhecimento do cadáver. Mossoró, que há 10 dias não registrava homicídio, já contabiliza 95 assassinatos em 2021. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), comandada pelos delegados José Vieira de Castro e Valtair Camilo de Paiva.

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário