Polícia Civil deflagra operação para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão na região de Caraúbas no Oeste do RN



A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, através da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE) comandada pelo Dr. Alex Wagner e com apoio da Polícia Militar, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quarta feira 29 de setembro de 2021, uma operação com objetivo da dar cumprimento a mandados de busca e apreensão, expedidos pela justiça na cidade de Caraúnas, no Oeste do estado.

De acordo com o DPC Alex Wagner titular da DIVIPOE, a operação é fruto de uma investigação da Delegacia da PC de Caraúbas. Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreesão, expedidos pela justiça daquela cidade, contra investigados em crimes de, tráfico de drogas, roubos e posse ilegal de arma de fogo.

Participam da operação, policiais civis da DIVIPOE, da Delegacia de Caraúbas, Campo Grande e outras cidades da região, além de policiais militares. Ao todo são 50 policiais civis e 16 policiais militares engajados no cumprimento dos mandados judiciais.

Durante a ação, dois suspeitos foram presos em flagrante delito, são eles: Felisberto Gleis Reis, 42 anos, sendo apreendido em sua posse um revólver calibre 38 municiado, um tablete de maconha, uma balança de precisão, dinheiro fracionado e celular; e Paulo Gutemberg Alves, 51 anos, que estava em posse de um revólver calibre 38, munições de calibre 38, 380, .40, 22 e estojos de calibre 556 e .44.

Um terceiro homem foi autuado, pois, com ele foi apreendida uma porção de maconha; ele assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e, em seguida, foi liberado. Ao longo das diligências, com outros suspeitos foram apreendidos diversos aparelhos celulares.

Os dois suspeitos foram conduzidos até a delegacia, onde foram autuados: Felisberto Gleis pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo e Paulo Gutemberg por posse ilegal de arma de fogo, posse ilegal de munições e receptação, sendo encaminhados para o sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário