DEICOR apreende 100 quilos de droga e prende quatro suspeitos de tráfico na Capital do RN



Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam nesta segunda-feira, 06 de dezembro de 2021, após uma investigação, quatro homens suspeitos de tráfico de drogas em Natal capital Potiguar. Depois de receberem várias denúncias acerca de um veículo Gol, de cor preta, com bandidos foragidos, e que eles estariam distribuindo drogas em Parnamirim, e que parte dos suspeitos residia em um Condomínio ou apenas o usavam para guardar drogas.

Foram feitas várias diligências investigativas no intuito de localizar o carro e averiguar a veracidade da supracitada denúncia. Durante as diligências, as equipes da DEICOR encontraram o veícul suspeito em movimento em Nova Parnamirim. Após um acompanhamento pelas equipes de investigação, o veículo tentou entrar em um condomínio, na zona sul de Natal, momento em que foi efetuada uma abordagem, sendo encontrado, na mala do carro, certa quantidade de drogas.

Foi perguntado aos 03 ocupantes do veículo quem residia no condomínio, tendo o motorista, Jeandson Lucas de Araújo, vulgo "Pateta", informado o bloco e apartamento que ele morava. As equipes fizeram uma busca no apartamento e encontraram mais de 100 quilos de maconha e uma balança de precisão, fitas, apetrechos para o tráfico, etc.

Além dos 03 ocupantes do Gol, foi encontrado o quarto elemento que estava em um estacionamento de um supermercado, na avenida Airton Senna. Lá as equipes encontraram o rapaz com 1kg de crack. Diante de toda materialidade, todos foram conduzidos para base da DEICOR para os procedimentos cabíveis.

Foram presos, além do "Pateta", Jeferson Rai Dantas, natural de Serra Negra do Norte, com 26 anos; Alysson Alexandre Cunha de Farias, natural de Natal, com 23 anos de idade; e Jefferson Bruno da Silva Costa, natural de Natal, com 25 anos de idade. Essa é mais uma ação integrada da operação HÓRUS do programa V.I.G.I.A. da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP).

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário