Educadores do RN rejeitam proposta do governo e decidem entrar em greve a partir desta terça feira


Os profissionais da educação do Rio Grande do Norte, rejeitaram a proposta apresentada pela Governadora Fátima Bezerra (PT) e decidiram deflagrar greve a partir desta terça-feira 15 de fevereiro de 2022. A confirmação do movimento foi feita nesta segunda feira (14) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte-RN).

De acordo com a entidade a governadora Fátima propôs pagar o aumento de forma escalonada e pela proposta, receberiam os 33,24% de imediato apenas os professores em início de carreira. O restante receberia 13% de aumento em março e o complemento em dezembro. A categoria cobra o pagamento integral do reajuste para todos os educadores imediatamente.

Quem está acima do piso, R$ 3.840, receberá 13% a partir de março e será completado os 33,24% para todos em dezembro, completando o reajuste condicionado a acordo a ser firmado com o Tribunal de Contas do Estado e com o Tribunal Regional Eleitoral, em virtude da legislação eleitoral proibir alterações salariais nos três meses antes e posteriores às eleições, alega o governo.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário