Psicóloga de 43 anos é presa por maus tratos a animais em Mossoró no Rio Grande Norte


Uma psicóloga de 43 anos foi presa na tarde desta quarta-feira 23 de março de 2022, por suspeitas de maus tratos contra animais. A ocorrência teve início a partir de denuncias anônimas chegadas à ONG Abrigo Mossoró, que acionou a Polícia Ambiental do município. Durante a inspeção na residência, foram encontrados 23 cães em situação degradante e de vulnerabilidade.

Na casa muito lixo e fezes ocasionando fedentina o que chamou a atenção da vizinhança. A psicólogo foi localizada e conduzida à 2ª Delegacia Distrital da Polícia Civil, ouvida pelo delegado José Vieirade Castro e autuada em flagrante pelo crime tipificado no artigo 32 da Lei Ambiental (Lei 9.605/98), que rege sobre maus tratos contra animais, crime inafiançável.

A flgranteada passou por exames de corpo de delito na sede do Itep e e depois foi encaminhada para o Pavilhão Feminino do Complexo Penal Mário Negócio e deverá passar por audiência de custódia nesta quinta feira (24). De acordo com o delegado José Vieira, a flagranteada foi orientada pelo advogado a falar sobre o caso apenas perante o juiz,

A autoridade policial informou ainda que, a mulher confirmou que criava os animais na casa, que havia sido alugada há 1 ano. Disse que viaja muito e pagava uma pessoa para dar comida e água a aos animais, além de fazer a limpeza da casa. Desta última vez, fazia cerca de15 dias que ela não ia ao local e não sabia que a residência estava nessa situação.


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário